Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013

Conto de fadas, à moda da minha terra!!!

           A orgia de palavras que se seguem, ao contrário de muitas histórias que por aí se contam, não é verídica, mas pode muito bem deixar de o ser e passar de pura ficção a realidade vivida por muitos de nós. Aqui vai:

 

Era uma vez uma freguesia, de nome complicado de dizer, sem que haja divisões de opinião, onde existe um monumento de elevado valor arquitetónico com a denominação de Mosteiro de S. Romão do Neiva. Com certeza bem conhecido para muitos de vós. Certo dia, vários grupos e movimentos da freguesia reuniram-se e chegaram à conclusão que não estão a valorizar o património, muito menos toda a vertente histórica associada ao movimento dos monges beneditinos pelas terras do vale do Neiva.

          Certamente quem se deu ao trabalho de ler isto até aqui, já está a movimentar o “rato” para aquela cruzinha no canto superior direito pois não tem a mínima paciência para injeções de história. Ora se é um destes casos, a melhor parte está para vir. Imagine então que no final da tal reunião, concluíram que deveriam organizar um ou mais eventos que desse a conhecer ao mundo que existimos e claro, que proporcionasse momentos de lazer e cultura aos habitantes e a quem nos queira visitar.

          Decidiram então fazer, o que foi apelidado de viagem ao século XVII, uma espécie de feira medieval, mas com a temática beneditina! Escolhido o local, que não poderia ser mais obvio do que o mosteiro e toda a aérea circundante até ao cimo do monte do Crasto, foram promovidas diversas iniciativas, do tipo:

 

- Concertos de cânticos beneditinos acompanhado por um órgão de tubos, raro na região.

 

- Visitas guiadas (ou não) aos vários locais do mosteiro, com especial destaque para aqueles que estão normalmente vedados ao público.

 

- Uma experiência gastronómica com o estaminé espalhado pela encosta do monte onde se davam a conhecer as iguarias da época, toda aquela doçaria conventual, os licores e até mesmo cerveja artesanal.

 

- Pregão nos recantos mais inusitados deste ambiente criado para uma viagem ao passado, sempre com uma vertente lúdica e alegre.

 

- Enfim, um sem número de ideias foram postas em prática e dizem as más-línguas que ao fim da 3ª edição, depois de amadurecer um pouco, o evento já era um sucesso de renome que trazia à “aldeia” centenas de visitantes na ânsia de conhecer um pouco da história e passar bons e bem regados momentos.

 

Posto isto, assim termina este leve divagar, que ao contrário das adaptações de histórias verídicas, não se sabe o final e muito menos se vai chegar a ter um início.

 

 

sinto-me:
publicado por fm às 20:05
link do post | comentar | favorito
partilhar
Domingo, 22 de Novembro de 2009

Poluição sonora ou... Práticas masoquistas abusivas?!

           Já repararam no incomodo que cria levar com os altifalantes com um som arruinante a tocar musicas ainda mais arruinantes?!

          Será que é mesmo necessário ser gerada toda essa poluição sonora? Não seria muito mais sensato, a instalação temporária de pequenas colunas de som, na area envolvente à zona da festa a um volume apropriado e seguramente com maior qualidade, ou é por colocarmos os altifalantes aos berros que se atrai mais pessoas às actividades realizadas... Humm, não me parece!! Outra coisa diz respeito à "playlist" que se faz ouvir... Se é para se manter esse ruido em alto e mau som, poderia dar-se a possibilidade de todo e qualquer Neivense escolher os seus 30 minutinhos de música... Parece justo!

 

sinto-me:
publicado por fm às 18:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
partilhar
Segunda-feira, 13 de Julho de 2009

As não conformidades do hino da minha terra

Começo por louvar os elementos da comissão de festas de Santa Ana. Tenho a certeza que são homens (e eventualmente mulheres) com muita garra e boa vontade. Não é qualquer um que se oferece para organizar e promover a nossa principal festa.

 

O que me faz gastar algum tempo, foram apenas umas não conformidades de detectei (pelo menos até que me provem o contrário) no hino de... Não posso dizer, pois seria imparcial da minha parte dizer que era o Hino de Neiva ou o Hino de S.Romão de Neiva.

Vou apenas fazer uma leve introdução para me fazer entender com mais rapidez.

Chegou-me a casa recentemente o programa / agenda das grandiosas festas de Santa Ana. Mais uma vez dou os parabens aos responsáveis pelo feito.

Na ultima página desse "livrinho" aparece o Hino da terra (mais uma nova descoberta, pois desconhecia que tinhamos tal coisa) intitulado de Hino de São Romão de Neiva.

Ora quaquer coisa aqui não bate certo, pois se estivessemos a falar do hino da freguesia, seria Hino de Neiva, caso seja do padroeiro seria Hino de S.Romão - tudo junto é que não me parece muito correcto.

Ainda tentei ver as coisas nesta perspectiva: Hino de São Romão, padroeiro de Neiva, mas que tivessem cortado algumas palavras para poupar tinta na tipografia.

Essa interpretação foi logo delapidada na primeira quadra do hino - "S. Romão terra bendita".

Será que a ideia seria S. Romão santo bendito ou Neiva terra bendita?!

Fica  a questão, bem sei que ninguém a irá debater (aliás, dificilmente alguem terá lido isto até esta parte).

Vou ainda tomar a liberdade de finalizar este post com o hino em questão, tal e qual como o recebi.

 

""Hino de São Romão de Neiva"

 

"S. Romão terra bendita

Toda catita sempre a cantar

No seio da sua gente

A Mãe clemente tem um altar"

 

"S. Romão mansa rolinha

Que à tardinha vai refrescar

Seu bico na água corrente

Que de repende vai ver o mar"

 

"Os Frades Bentos embalaram

Outrora nossos Avós

E por eles nos legaram

Alegria, alegria a todos nós"

 

"Nos lábios um sorriso

No paraiso se espalha

Pois cá dentro de nós vive

A eterna luz de uma centelha"

 

De... autor desconhecido ou com identidade reservada

 

 

 

Até breve!!!!!!!!!!!!

sinto-me:
publicado por fm às 20:48
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Conto de fadas, à moda da...

. Poluição sonora ou... Prá...

. As não conformidades do h...

.arquivos

. Julho 2015

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds